Sistema de Gestão de Publicações

A influência da dança do ventre em puérperas com incontinência urinária

Ana Paula de Magalhães Picanço1; Carolina Zambom Degen2; Raquel Coutinho Pompermeyer3

Submetido em 19 Maio 2017

A dança do ventre, com seus diversos movimentos, pode auxiliar a prevenção da ocorrência de problemas urinários em mulheres que acabaram de parir via vaginal. Diante do exposto, o objetivo do estudo foi verificar qual seria a influência da dança do ventre em puérperas que têm incontinência urinária. Para a pesquisa de campo, foi realizado um ensaio clínico de forma descritiva, a aplicação de aulas de dança do ventre a puérperas que tiveram parto vaginal, quantificando a perda de urina antes e depois das aulas através do teste de absorvente e do diário miccional. A justificativa está pautada na experiência de uma das autoras na dança do ventre, observando assim uma nova técnica potencial para a prevenção da doença e a grande
ocorrência da incontinência urinária em mulheres que tiveram parto normal, devido à grande agressão aos músculos, fáscias, nervos e tendões, trazendo vários impactos como depressão, reclusão social, constrangimento, entre outros. Os resultados da pesquisa revelam que a aplicação das aulas de dança do ventre minimizou a incontinência urinária de uma das pacientes e eliminou a disfunção da outra participante, confirmando assim os benefícios dessa técnica na ativação da musculatura pélvica e, consequentemente, na melhora ou cura da incontinência urinária. Porém, a amostra foi pequena e sugere-se que outros estudos sejam realizados para uma maior comprovação da eficácia da técnica.

2017 - SALUS JOURNAL - Todos os direitos reservados