Sistema de Gestão de Publicações

Susceptibilidade antimicrobiana de Staphylococcus aureus isolados em acadêmicos de Enfermagem e Medicina

Mayara Cota Vieira1; Ana Paula da Cruz Gontijo2; Mariah Fontes de Faria Brito Colnago Soares3; Páscua Aparecida Leonardi Carvalho4; Norma Lucia Santos Raymundo5; Rodrigo Moraes6

Submetido em 19 Maio 2017

Resumo
Objetivo: avaliar a ocorrência de portadores assintomáticos e o perfil de susceptibilidade antimicrobiana à mupirocina, oxacilina e vancomicina de Staphylococcus aureus isolados em graduandos do primeiro e último período dos cursos de Enfermagem e Medicina da EMESCAM.

Métodos: foram coletadas amostras de swab nasal em 147 acadêmicos, semeadas em ágar manitol hipertônico e realizadas provas bioquímicas para identificação do S. aureus. Os testes de susceptibilidade aos antimicrobianos foram realizados pela metodologia de disco-difusão e a susceptibilidade da vancomicina foi corroborada pelo método automatizado Vitek 2®.

Resultado: das 147 amostras coletadas, 61 (41,5%) foram positivas para S. aureus. Entre os estudantes de Enfermagem, 11 participantes (34,4%) eram portadores de S. aureus e não foi encontradanenhuma cepa MRSA. Entre os acadêmicos de Medicina, 50 (43,5%) foram positivos, com 6,6% de linhagens MRSA. Nas amostras estudadas não foi encontrada resistência à mupirocina ou à vancomicina.a

2017 - SALUS JOURNAL - Todos os direitos reservados